sábado, 26 de abril de 2008

Quem paga o preço?

A história já virou rotina para moradores de quadras como a 402 sul, 109 norte e tantas outras, repletas de bares e restaurantes movimentados: ao chegar do trabalho ou da faculdade, o morador não encontra vaga para estacionar e ir para casa, o que o leva a deixar o carro estacionado de forma irregular. Em seguida chega a fiscalização e, com isso, o multado não é o visitante, e sim o morador, que reside ali e precisa colocar seu carro em algum lugar.

Enquanto não se discute uma solução definitiva para a falta de estacionamento em Brasília, espero que ao menos o Detran esteja usando o bom senso de acatar os recursos impetrados por cidadãos que anexem comprovante de que residem nas quadras em que foram multados. É uma forma paliativa, eu sei. Mas ajuda a reduzir o desconforto indevido no bolso do trabalhador brasiliense, que merece ao menos ter onde deixar o seu carro ao chegar em casa.

2 comentários:

caju disse...

E agora?

Sem espaço, o que fazer?
Quem vai se divertir que se vire para estacionar o carro?O morador da quadra leva multa?

Nesse caso, acho melhor que prevaleça o bom senso de todos os lados, certo?

Mas quem hoje em dia perde tempo querendo olhar a situação do outro?Uma boa oportunidade para trabalhar nossas civilidade e cordialidade.

Nada de multa para ninguém!O Governo ganhar dinheiro com problema, que até agora não existe solução, é inconcebível.

Martha Barbosa disse...

Está assim é?
A coisa está pior do que eu imagino, por estes e outro motivos vivo no passado[ risos], mas te adicionei aos meus favoritos porque vir aqui é sempre saber coisas intereçantes dos humanos; Hoje fiz postagem nova ,apareça por lá, será empre muito bem vindo
marthacorreaonline.blogspot.com